Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Wednesday, March 05, 2008

Maria Montessori e Andras Peto


Maria Montessori iniciou seus trabalhos com crianças especiais.
Depois de um certo período fez com que elas estivessem aptas a seguir a educação regular.

Peto também.

Maria Montessori desenhou móveis que estivesses aptos para as crianças e também jogos e brinquedos que estimulassem o aprendizado.

Peto também.

Maria Montessori não queria que olhassem para ela, mas para a criança. Para o que ela estava fazendo.
Falavam que quando ela chegava ao local, todas as atenções se voltavam a ela.

Peto também.

Ela não falava de sua vida pessoal. Era solteira e dedicada a sua causa.

Peto também.

Ela teve problemas com a aplicação do método, pois em alguns lugares estavam trabalhando com Montessori sem terem sido treinados para isso. Até criaram brinquedos em seu nome, como se fosse de seu negócio.

Com a Educação Condutiva também.

Ela disse: "Quando apontamos nossa mão para um cachorro, ele não olha para onde estou apontando, mas olha para o movimento de meus dedos e de minha mão. Não me dêem importância. Olhem para a criança."

Assim era Peto quando o chamavam de milagroso: "Não fiz nada. Foi ela mesma. (referindo-se a criança)."

2 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Duas pessoas muito especiais, que presentes deram ao mundo.

Quero escrever meus pensamentos de Educação Condutiva:

Sou condutora, meu trabalho é Educação Condutiva, mas não é somente meu trabalho, mas minha vida. EC é dentro de meu sangue, é minha inspiração para acordar todos os dias.
Acredito em EC, acredito que ela melhora a vida das pessoais com deficientes, mas também as vidas das suas famílias e as vidas das condutoras. Minha vida é melhor com EC.
Quando eu comecei EC eu apaixonei-me por ela. Agora eu não posso imaginar minha vida sem EC, porque para mim ela é uma maneira de pensar e não quero pensar de outra maneira alguma. EC me dei os olhos novos e agora não só olho para o mundo muito diferentemente, mas também minha vida.

Muito obrigada Peto por seu método.

Becky

5:04 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Becky,
Uma declaração de amor!
Obrigada por comentar aqui.
Leticia

1:45 PM  

Post a Comment

<< Home