Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Monday, November 13, 2006

Owen, Thomas, James, Jacob


Vamos completar um ano experimentando a Educação Condutiva na Inglaterra e neste período que vivemos aqui, acompanho todo o desenvolvimento de meus filhos, claro, no seu dia a dia. Mas não só o deles, vivendo praticamente dentro da escola neste período, pude acompanhar a alegria de muitas famílias e ver como as crianças 'mudam de fase' e atingem mesmo seus objetivos.

Hoje foi um dia lindo, pela primeira vez vi o Jacob caminhando, sozinho. Ele vinha com o andador de seu amigo, emprestado. A mãe dele exalava alegria, não se continha em tanta felicidade!

No começo do ano vi esta cena com o Owen, lá veio ele segurando um bastão para manter seu equilíbrio e dando seus primeiros passos sozinho. Hoje ele já pega o seu casaco, verifica as atividades que tem em seu escaninho e vai pra casa de mãos dadas com a sua super-mãe.

Durante a Páscoa foi a vez do Thomas. A mãe dele me comentou que em casa ele sempre se levantava da mesa sozinho, quando um dia, inesperadamente para os pais, ele se levantou e deu passos em volta dela. Não parou mais, se divertia caminhando em volta da mesa. Hoje ele chega e sai da escola todo feliz com seu andador.

Antes do verão (aqui o verão é em agosto) foi a vez do James. Lá veio ele também com seu bastão, pra não perder o equilíbrio, quando parecia que ía cair, franzia o rosto, como quem diz, ai que tombo! Que nada, voltava ele mesmo pro seu centro e continuava com seus passos.

Estas cenas ficam dando flashes nas minhas emoções, imaginando como seria um dia se esta situação acontecesse comigo. Comparando com as mães das outras crianças, não me sinto preparada emocionalmente, eu faria um escândalo e tanto!

Mas o que parece mesmo é que com os meus filhos isto não acontece, vejo o progresso deles tão lento, e até me culpo também pelo tamanho de nossa ansiedade e fé... Comparar o que é possível com o que desejamos fica sendo insalutar às vezes. Precisamos de tolerância e muita paciência para atingir todas as metas que seja possíveis atingir, não só agora, mas em toda a nossa vida.

São cenas que gravo, que vão e voltam de meus pensamentos, e que acredito sim, poder realizar. Amém.

7 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Amiga, cada ser tem seu tempo, suas habilidades e cada coisa sua hora. Fica tranquila, tenha fé e paciência que o Leonardo e o Gabriel chegarão muito mais longe de onde estão, dentro de suas capacidades, mas, muito mais longe...
Bjos, Flavinha.

4:03 PM  
Anonymous Anonymous said...

Eu não tenho dúvidas de que teremos esta alegria!!! Não importa quando... mas teremos!
Dinda

1:07 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Flavinha, são tantas as emoções em torno de nosso filhos e acabamos sempre tomados pela ansiedade! Hoje o Leonardo chegou em cada com a orelha machucada. Eu perguntei: Lelê tu caistes ? Ele: Não mãe. Depois perguntei de novo e ele, disse: Foi só um 'bump' no banheirinho, mas eu vou agora ser o Mr. Strong.
Logo vais ver, os filhos tomam nosso tempo e nos ensinam muito! Beijão!

4:16 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Sil - Dinda,
Amém! Que assim seja! Que por aqui passe um anjo!
;)

4:17 PM  
Blogger Dinha said...

Letícia, tem uma coisa que aprendi: "Deus faz tudo a Seu tempo". Também sonho com o dia que meu Caio vai caminhar e sei que este abençoado dia há de chegar. Enquanto isso, me alegro com cada pequena vitória de cada dia. Existem sim, os momentos em que acho que nossa luta anda a passos tão lentos. Mas pedi pela vida dele e Deus me atendeu. Já superamos muitos obstáculos e certamente outros serão ultrapassados. Um grande beijo.

2:17 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Dinha, e a passos lentos vamos adicionar os nomes de nossos filhos à esta lista! Owen, Thomas, James, Jacob, Caio, Gabriel e Leonardo. No tempo que Ele quiser!

8:43 AM  
Anonymous Gabi said...

Lê, é emocionante ler o teu blog! Tenho certeza que eles vão chegar lá e trazer mais alegrias ainda pra gente! Tenho certeza!
Um beijão!
Gabi

4:20 PM  

Post a Comment

<< Home