Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Thursday, January 31, 2008

Papel principal


Cada pessoa tem um monte de histórias pra contar.
Cada pessoa publicaria um livro interessante sobre suas vidas.

Qualquer um de nós compartilharíamos destas histórias como se fossem novas.
Qualquer um de nós relembraria nelas, vários momentos de nossas próprias vidas.

Alguns de nós seríamos sempre coadjuvantes.
Alguns de nós seríamos sempre personagem principal.

Uns contariam histórias fascinantes.
Outros contariam as mesmas histórias sem nenhum delírio.

Várias vezes parecemos invisíveis aos fatos a nossa volta.
Várias vezes nos fazemos invisíveis aos fatos a nossa volta.

Muito poucos se destacam de um todo.
Muitos se esforçam pelo todo.

Ser especial me impede de ser invisível,
me impede de me disfarçar no todo,
me impede de ter uma história natural,
me impede de ser coadjuvante,
me impede de desaparecer na multidão,

Ser especial é ser o destaque, o cantor que deu certo, o jogador que despontou, o ator que emocionou, o professor que marcou, o amigo famoso, o filho que nasceu, o cientista que descobriu, o amor que encontrei, a empresa que cresceu, a opção que escolhi.

Ser especial é ser o destaque.

Por mais que eu não queira: na escola, na rua, no mercado, na festa, na loja, no teatro, na praia, na clínica, no parque. Ser especial é não ser ignorado. Ser especial é ter atenção curiosa, é deixar de ser menos um.

Alguns poderiam contar em seus livros que queriam ser personagem principal nesta vida. ... e poderiam passar a vida querendo.
Poucos poderiam desejar nunca terem sido o papel principal. ...

3 Comments:

Blogger Grilinha said...

E quantas certezas tens ?

bj

6:50 PM  
Anonymous Anonymous said...

Numa visita a um famoso neuro fomos informados de que as células tronco logo estariam a disposição dos nossos filhos. Ficamos felizes e uma pessoa querida disse: " Já pensou, eles poderão ser crianças normais!!" Entendi o intuito da colocação, mas respondi com muita tranquilidade que não, meus filhos serão sempre muito especiais!!! Obrigada por traduzir com tanta clareza o que sentimos todos os dias. Luciane Lubianca

11:13 AM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Grilinha e Luciane,
Gostaria mesmo de viver com incertezas, sem achar que sei, sem perceber que olho, sem saber o que realmente nada sei.
Mas queria ter a chance, de ao menos escolher. Especial e papel principal, sempre teremos.
Um beijo nessas duas super mães sábias,
Leticia

6:56 PM  

Post a Comment

<< Home