Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Monday, September 24, 2007

Caminhos densos


Na evolução do projeto de Educação Condutiva ficamos continuamente testando a quantidade e qualidade de atividades que realizamos. Ter uma manhã completa de exercícios físicos, sensoriais, mentais, cognitivos, de percepção; que venham em busca do desenvolvimento e aprimoramento motor de meus filhos é uma constante transformação. Uma manhã cansativa não somente fisicamente, mas mentalmente também. A exigência de concentração e atenção na atividade é indispensável para uma avaliação após a realização do que foi feito.

Eu sempre estive nessa sensação de o que eu fazia era demais, ou de menos. Fazer demais nunca me preocupou, mas fazer de menos sempre me deixou ansiosa e angustiada por querer encontrar a estabilidade. Hoje não me angustio por estar fazendo de menos, nunca tenho esta sensação em Educação Condutiva, mas todos me cobram por estar oferecendo demais.

A mudança de nossa rotina é muitas vezes o motivo da sensação de insegurança. Estar experimentando algo novo, nos dá a sensação de estar no meio de uma densa neblina, onde só conseguimos enxergar o próximo passo, e a cada passo nos admiramos de estar em uma linda fazenda, com um lago cristalino e um verde exuberante. Só vemos e admiramos depois que passamos por ela, antes de ver estamos constantemente angustiados com o amanhã.

Talvez seja o meu modo de viver e pensar, cobrar demais, oferecer o meu máximo - mas acredito que estar no limite de nossa existência só nos faz renascer. Acredito que qualquer situação profunda, em quaisquer momentos, nos levam a enxergar melhor o nosso e outros caminhos a seguir.

3 Comments:

Anonymous Néa e Arthur said...

Letícia vc tem que ser uma pessoa muito especial para expressar tanto sentimento no que escreve,sempre me identifico com o que vc escreve.Acho que dar o máximo de si e cobrar muito só mostra o seu esforço e quão determinada vc é.Parabéns a nossa luta vale a pena!!!!!!!!!!!!!!!
Beijos

3:18 PM  
Blogger Grilinha said...

Assino por baixo...

É assim que me sinto tb.
Um beijo

3:33 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Nea e Grilinha,

Sem palavras pra agradecer o incentivo...

Um beijo com muito amor,
Leticia

1:23 PM  

Post a Comment

<< Home