Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Saturday, August 09, 2008

Aprendo dormindo


Repito uma história que escutei:

"Meu filho de uma hora pra outra não queria mais estudar. Se negava a aprender qualquer coisa nova. Era em casa, na escola e nada. Sempre que vinha alguma letrinha para aprender, um exercício para fazer, ele bloqueava e se negava a fazer. Tentamos de tudo, e depois de vários consultórios recebemos uma dica de uma psicóloga.
- Mãezinha faz assim, converse com seu filho a noite, depois que ele dormir. Ensine a ele, durante o sono, o que você quer que ele aprenda. E ele vai aprender.
E assim foi, comecei a ler os cadernos da escola e ensinar a ele a formação das sílabas, com ele já dormindo.
Foi uma semana e depois na outra, o comportamento dele foi mudando. Além de ensinar, eu repetia a ele que ele tinha vontade de aprender, de ser um bom estudante, que gostava de ir a escola.
E de repente ele voltou a estudar, a aprender e tudo voltou como era antes."

Dona Roseli é faxineira e um dia disse ao seu filho que quando ele estudasse e ficasse inteligente, ele não iria mais precisar de sua mãe e poderia ter uma vida melhor. Foi esta forma inconsciente que ele encontrou para não ficar longe dela e a forma simples que ela encontrou para resolver sua história.

Com ela aprendi, repito com meus filhos e hoje divido com vocês.

2 Comments:

Anonymous mara said...

oi Leticia!!!
que luz!!!!vou usar esse metodo,me sinto meia de maõs atadas as vezes, pq é dificil educar.
valeu!!!!!

9:00 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Mara
A tradição popular nos diz muito não é mesmo?
Adoro te ler aqui!
Um beijão
Leticia

10:02 AM  

Post a Comment

<< Home