Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Tuesday, March 06, 2012

Engessa

O sono que descansa. A noite que cansa.
Com as pernas pesadas, sem poder se mover. E a noite que não passa.
A ilusão é que acordar seja a solução. O sono é importante, para que então o dia amanheça.
E escuto: "Mãe, me faz dormir. Mãe canta pra mim. Eu preciso dormir, já rezei, já contei até cem, o que eu faço agora?"

Não é justo. O acúmulo não é justo. Uma quinzena dureza, cheia de desafios. Desafios físicos, mentais e emocionais.

Ao acordar de uma noite que não existiu, aos 9 nove anos, chegar em sala de aula e ver os amigos sorridentes correndo de um lado ao outro, como se o som viesse de um eco. Que distância! Que longe estou de cada um deles, aqui engessado. Meu objetivo é ficar de pé, somente. O medo vem. "Mãe, vem me buscar, não consigo nem abrir minha mochila, estou desanimado."

Por algum momento, depois daquele silêncio, daquele olhar distante, escuto dentro de mim: estou perdendo a alegria do meu filho, estou perdendo a beleza da vida dele. E eu aqui, inerte, exaurida, morta.

2 Comments:

Anonymous Anonymous said...

como comentar???o que dizer???
Pensar que amanha será melhor...com certeza!!!mais força,mais coragem!!!Abraçao.

9:11 AM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

C o r a g em

6:56 AM  

Post a Comment

<< Home