Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Thursday, May 06, 2010

Grandes ganhos


Sempre que me perguntam se eu vejo desenvolvimento nos meus filhos com a educação condutiva, fico sempre relatando os ganhos que vejo com os meus olhos. Eu vejo os pequenos ganhos, e os grandes efeitos que eles trazem.


Meu filho tem estrabismo e usa tampão no olho esquerdo. O olho dele funciona, mas está funcionando de forma irregular. O tampão ajuda a alinhar a visão e manter os dois olhos ativos. Ele foi ao oftalmologista e todo feliz me trouxe as novidades:
- Mãe, eu enxergo! E agora vou usar tampão apenas por duas horas, durante dois meses e depois passarei para uma hora!

Eu sei que ele enxerga, mas foi a primeira vez que ele me disse isso. Foi a primeira vez que ele percebeu a sua dificuldade, trouxe-me a solução e a vitória com seu ganho.


Meus gêmeos têm paralisia cerebral. Nasceram de um parto prematuro, com seu corpo tomado por uma infecção. Após cuidados intensivos, sobreviveram. E até hoje nos mostram sua coragem e vitória em seus pequenos ganhos e grandes efeitos.

Fiz reunião na semana passada com a professora da escola regular de meu filho. A minha preocupação no início do ano sempre é como aquela pessoa que passará todo um período com meu filho se comunicará com ele, já que ele não fala. Ele se comunica com dificuldade.

A professora me disse que ela sabe conversar com ele e inclusive passou para a coordenação que ela tem condições de avalia-lo , assim como ela avaliará as outras crianças. E me disse que ele é muito participativo, que sempre gosta de opinar em assuntos novos que ela traz a classe. Gosta de ser atendido quando termina a atividade e receber o visto da professora. Chamando assim:
- ã. í. é. ê.

Me preocupo com seus ganhos. Me preocupo em estar oferecendo a ele tudo o que podemos. Ele pode não estar me dizendo o que quer, mas eu não posso deixar de apresentá-lo. Ele está no segundo ano, já lê pequenas palavras e estamos desenvolvendo uma forma para que ele possa ler frases em letra cursiva. Com simplicidade faremos faixas com pequenas frases. Depois das frases, ele lerá um livro.

Ganhamos um pouquinho a cada dia. Que assim seja.

2 Comments:

Anonymous Lilian said...

Olá Letícia,saudades!
Hoje tb estamos comemorando um gde ganho da Gabi. Ela foi à sua 1ª excursão escolar, as crianças foram à Casa Encantada, um local dedicado à contação de estórias p/ crianças em cenários maravilhosos.
Eu achei o máximo,lá foi Gabi c/ a sua querida Amélia, seu carrinho, lanche e td mais, como qq criança da sua sala.
Me emocionei na volta c/ a professora toda feliz c/ a participação da Gabi, toda interessada nas estórias, interagindo c/ os contadores, mesmo sem falar, mas se comunicando!
Que maravilha, isso só nos dá mais coragem de ir nessa busca incessante de n formas de desenvolvê-los.
Sua muito grata à você e a Educação Condutiva q me ensinaram a dar oportunidades à minha filha, sempre!
Beijos, Lilian

10:58 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Lilian,

Que legal! Um passinho depois do outro, sempre um grande ganho! Ela entende tudo amiga, participa sim! Do jeito dela!

Um beijão saudoso
Leticia

8:27 AM  

Post a Comment

<< Home