Educação Condutiva - com amor

Quero escrever sobre Educação Condutiva porque me apaixonei por este método, cheio de amor, que tem atendido aos meus filhos com p.c. Quero descrever o que tenho estudado, aprendido, escutado e sentido ... Tenho a vontade de abraçar o mundo e fazer com que todas as crianças na mesma condição motora de meus filhos, tenham a chance de receber toda esta inteligência, técnica, forma de agir, pensar e sentir, que com todo carinho o Dr. Andras Peto deixou de herança.

Thursday, September 07, 2006

E.C. - uma introdução - Teoria, Peto e Positive Vibration


Teoria

Iniciamos relatando a Educação Condutiva com uma percepção teórica e muito embasada. Ela trata e reconhece a unidade essencial do ser humano conectando o seu eu emocional, intelectual, mental e corpóreo de forma integrada. Este método tem muito em comum com a psicologia de desenvolvimento aplicada por L. S. Vygotskii e o desenvolvimento de psicologias pedagógicas dos seus sucessores na antiga União Soviética. Ele também tem uma orientação em comum com a neuropsicologia de A. R. Luriya e une as explicações das ciências contemporâneas quando tratam do assunto cérebro, como a plasticidade neuronal.

Peto

A Hungria nos faz lembrar um país distante e chega a nos passar a errônea impressão de ser incapaz de criar um novo método de aprendizado para o ser humano. Foi lá que nasceu Andras Peto. Ele era um jovem antenado no mundo e nomomento que vivia seu país, estava se dirigindo para Vienna (Austria) cursar a sua faculdade de Artes Plásticas. O momento de guerra não era propício para este tema, então ele decidiu cursar medicina.
Mesmo com seus estudos, o intelectual que escrevia poesias, peças de teatro, e estudava a literatura, era o médico que se dedicava a pedagogia do movimento. Ele foi amigo de uma turma de precursores de novas idéias, intelectuais de diversas localidades estavam em busca de provações de novos conceitos.
Depois de ter seu método já implantado, e criar seu próprio Instituto Andras Peto, recebeu convidados que ouviam falar do comentado método 'milagroso' de Dr. Peto. E ele que passava o dia atrás de uma pilha de livros, lia em vários idiomas, recebia jornais de todo o mundo, também ciceroneava visitas como as de Piaget e Luria.

Positive Vibration

Desde que li sobre ele, o admiro, pela sua busca de saber mais, pela sua vontade de aplicar o que ele acreditava, e por fazer provar o que ele sonhava. Ele tinha todas as qualidad de um nobre, mas o que mais me impressionou saber dele, era a forma de como fazer-se PENSAR positivamente. Não permitia comentários de fracasso e administrava suas crianças com o momento que cabia, de forma militar, dura, séria e positiva. Assim ele colocava:

"Se você disser alguma coisa não verdadeira deve ter vindo da sua imaginação,
Mas se você pensar alguma coisa não verdadeira é porque vem de sua consciência culpada."

2 Comments:

Anonymous Zulmira Severo said...

Quanto estudo! Quanta pesquisa! Somente assim que se pode fazer descobertas. Muito bom este blog

10:32 PM  
Blogger LeticiaBúrigoTK-1288 said...

Zulmira, adoro ver que existem pessoas lendo posts que escrevei ha mais de 3 anos! E eles ainda continuam vivos, úteis e maravilhando outras pessoas!
Obrigada por me dar este retorno, me alimenta de nova energia para continuar escrevendo.
Com amor,
Leticia

8:53 AM  

Post a Comment

<< Home